É claro que se você está lendo este artigo possui dúvidas de como escolher uma fonte, mas calma, é importante conhecer alguns simples conceitos para entender do que falaremos. Saber como escolher uma fonte de alimentação é o primeiro passo para garantir o melhor desempenho e vida útil longa do seu aparelho.

Pode não parecer muito importante, mas a fonte de alimentação afeta diretamente o funcionamento de um equipamento. Ela deve ser escolhida obedecendo a certos critérios, tais como potência fornecida, formato e equipamentos disponíveis.

Como escolher uma fonte de alimentação adequada

1 – Calcular a capacidade mínima necessária para a fonte de alimentação?

Some a corrente de consumo informada na especificação do fabricante e divida por 0,8 isso porque o recomendável é que a corrente de carga nominal nunca ultrapasse 80% da capacidade da fonte. Exemplo: Para uma fonte de 10 A -> 10 x 0,8 = 8 A, ou seja, 8A é a capacidade mínima necessária.

2 – Fazer o cálculo da potência do equipamento

O primeiro passo de como escolher uma fonte de alimentação de qualidade é fazer o cálculo da potência do equipamento. Para isso, é preciso identificar a quantidade de Watts.

Na maioria dos casos, os fabricantes ou vendedores mencionam a potência indicada para as fontes de alimentação que deverão ser escolhidas.

3 – Escolher uma fonte com o dobro de potência

Uma fonte de maior potência evita a geração de calor, fazendo com que a fonte trabalhe com o máximo de eficiência energética.

Optar por uma fonte que tenha o dobro da potência exigida pelo equipamento é o ponto-chave para garantir pleno desempenho e aumento da vida útil dos componentes. Desse modo, você precisa escolher um modelo de acordo com a quantidade de watts referentes à potência do equipamento.

4 – Escolher marcas conhecidas

O próximo passo de como escolher uma fonte de alimentação de qualidade é pesquisar as marcas mais conhecidas e confiáveis no mercado, evitando de comprar fontes genéricas ou com potência reduzida. Além de estar por dentro das melhores marcas, outro passo importante é observar a certificação das marcas e comprar apenas em lojas confiáveis.

5 – Evite fontes muito baratas

Quando o assunto é escolher uma fonte de qualidade, vale muito o ditado popular de que “o barato sai caro.” Fuja de fontes com preço abaixo do mercado, já que em questão de pouco tempo elas podem causar sérios problemas no equipamento e ainda gerar muitos gastos extras com manutenção e até mesmo compra de um equipamento novo.

Qual a diferença entre voltagem e amperagem?

Amperagem é o termo leigo quando se quer referir à corrente, enquanto o termo voltagem se refere a tensão.

Você pode muito bem falar “amperagem” se estiver conversando com outra pessoa e estiver explicando as coisas de maneira mais simples, mas sempre que possível diga “corrente” se precisar respeitar o termo técnico. A mesma coisa no caso da voltagem para se referir a tensão. No caso da escrita, uma opção é usar os termos entre aspas, mostrando assim que você está usando uma linguagem coloquial.

As terminologias no inglês é que fazem também com que possamos nos confundir um pouco, onde o termo “amperage” (no mesmo sentido usado do “amperagem”) é perfeitamente aceitável e bastante usado. Igualmente nos casos dos termos “voltage” e “wattage”.

A importância de escolher uma boa fonte de alimentação

Além de garantir o desempenho do equipamento e aumentar a vida útil dos componentes, a escolha de uma boa fonte de alimentação é essencial para:

  • Evitar o aquecimento
  • Evitar ruídos;
  • Evitar acidentes devido ao aquecimento exagerado do equipamento (curtos e até mesmo incêndios);
  • Inibir a ocorrência de tensões instáveis;
  • Impedir a deterioração dos componentes internos;
  • Evitar constantes manutenções no equipamento.

A Fonte CFTV – FC possui diversos modelos de fontes de alimentação que atendem às necessidades de todos os equipamentos, oferecendo segurança e qualidade.

Com todas essas dicas de como escolher uma fonte de alimentação fica muito mais fácil acertar ao optar por aquela que melhor atenda às necessidades do seu equipamento, garantindo pleno desempenho e durabilidade de todos os componentes.

Dúvidas ainda? Fale com nosso atendimento e poderemos lhe orientar!

5 comentários

  1. […] por esse motivo, ao escolher uma fonte para o seu equipamento é importante verificar se o cooler é adequado para a potência da fonte. Esse cuidado é […]

  2. […] Faça o teste colocando uma fonte local somente para essa câmera que não está funcionando. Falamos no artigo anterior sobre Como escolher a fonte ideal para seu aparelho. […]

  3. GARBIN disse:

    para mim o cooler não deveria ser levado em conta se as fontes fossem dimensionadas pelos fabricantes para fornecerem a potencia maxima por eles determinado constantemente. o cooler é utilizado com a intenção de baratear o produto, pois assim podem usar componentes de qualidade inferior.
    Para escolher uma fonte de alimentação deve ser levado em conta o consumo dos equipamentos ligados na mesma deixando sempre uma margem de segurança; não esquecer que as percas nos condutores, dependendo a distancia tambem deverá ser levado em conta

    • marketing disse:

      Muito Obrigado pelo valioso comentário Garbin, exatamente, há várias coisas que devem ser levadas em consideração, faremos mais posts falando sobre as fontes de alimentação e suas peculiaridades, espero que visite mais vezes nosso Blog. 🙂

  4. […] ficar inoperante. A utilização de cabos e conexões adequadas e de alta qualidade, bem como a correta ligação entre os diversos equipamentos do sistema permitirá o funcionamento desejado e eficiente do […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *