PoE (Power over Ethernet): O que é e quais as vantagens?

Poe Fc Fontes

Indicada para várias situações, como VOIP, rádios e câmeras, as fontes PoE e chaveadas da FC Fontes oferecem soluções para maior compatibilidade dos mecanismos da sua rede, sem perder a qualidade na transmissão de seu wireless.

POE significa (Power Over Ethernet), tecnologia que permite transmissão de energia junto a transmissão de dados, através do cabo de rede UTP de par trançado. Ou seja, é possível alimentar dispositivos sem a necessidade de passar cabos de energia e usar outras fontes de alimentação elétrica.

Os dispositivos compatíveis com PoE são chamados de “Powered Device”. Como exemplo, podemos citar câmeras IP, telefones VoIP e access points para redes sem fio. Já os equipamentos que alimentam eletricamente os dispositivos são chamados de “Power Sourcing Equipment” ou PSE. Neste caso, temos os famosos switches PoE, que classificamos como “endspan”.

PoE não é uma exclusividade para o uso em CFTV. O sistema funciona como uma forma de evitar o uso de fontes adicionais e também centralizar a alimentação de energia, utilizando o mesmo cabo de rede.

Em um sistema de CFTV por exemplo, antes tínhamos que nos preocupar com duas instalações: Uma à rede elétrica para energizar a câmera e outra para enviar as imagens coletadas ao dispositivo de gravação. Agora, o PoE simplifica tudo ao possibilitar que dados e energia trafeguem no mesmo cabo UTP.

Power over Ethernet (PoE) é uma técnica que possibilita transmitir em um único cabo, energia e dados, eliminando a necessidade de infraestrutura elétrica para energizar dispositivos habilitados para IP.

Em um sistema de CFTV por exemplo, antes tínhamos que nos preocupar com duas instalações: Uma à rede elétrica para energizar a câmera e outra para enviar as imagens coletadas ao dispositivo de gravação. Agora, o PoE simplifica tudo ao possibilitar que dados e energia trafeguem no mesmo cabo UTP.

Os benefícios são muitos e vão desde a redução de custos com infraestrutura e tempo de instalação até a minimização de impactos visuais decorrentes do excesso de fios no ambiente. É possível fornecer até 100W de energia DC para cada porta PoE, o suficiente para colocar em funcionamento Tvs, painéis de autoatendimento entre outros.

Quanto de energia fornece, classes e normas e padrões

A tecnologia PoE é relativamente nova e ainda passa por desenvolvimentos, além do mais, existem produtos fora dos padrões para aplicações específicas. Vamos apenas conhecer os dois grupos principais:

IEEE 802.3af: Esse padrão permite alimentação elétrica de até 15.4W por porta (mínimo 44V DC e 350mA). No entanto, como a bitola de um cabo de rede é pequena, somente 12,95W é garantida.

IEEE 802.3at: Também conhecido como PoE+ (ou PoE plus), fornece uma potência maior, 25.5W. Esse tipo de alimentação é útil principalmente para dispositivos que necessitam de mais potência elétrica, como câmeras móveis.

O padrão IEEE 802.3af possui um método que identifica um PD e classifica as suas necessidades de alimentação conforme os parâmetros abaixo (potência máxima e variação por porta):

• Classe 0: Até 15.4 W (0.44–12.95W no PD; padrão)

• Classe 1: Até 4 W (0.44–3.84W no PD)

• Classe 2: Até 7 W (3.84–6.49W no PD)

• Classe 3: Até 15.4 W (6.49–12.95W no PD)

No padrão IEEE 802.3at temos a classe 4: 30.00W no PSE (12.95W à 25.50W no PD).

Essa informação é importante para dimensionar qual deve ser a potência máxima que o switch deve fornecer para alimentar os dispositivos usados em nosso projeto.

Existem dois modos de alimentação PoE:

Modo A: Nesse tipo, a alimentação é enviada junto com os dados, assim como ocorre com a “alimentação fantasma” em microfones.

Modo B: Neste caso, a alimentação é enviada em pares de fios separados dos fios que transmitem os dados. A alimentação usa os fios 4 e 5 (positivo) e 7 e 8 (negativ0).

Vantagens de usar PoE

  • Instalação Simplificada: O PoE é a saída para simplificar a infraestrutura de cabeamento em locais de difícil acesso como topo de edifícios e tetos suspensos.
  • Redução de custos: A redução do escopo de infraestrutura elétrica ou aproveitamento do cabeamento estruturado existente é a chave para economizar em projetos de expansão.
  • Manutenção facilitada: Junto com a redução do número de tomadas elétricas, minimiza-se os pontos de falha do sistema, resultando em menos problemas para a equipe técnica;
  • Centralização de redundância elétrica: Como todos os cabos UTP terminam em uma sala técnica, fica mais fácil usar o UPS ou gerador de forma centralizada;
  • Menor impacto visual: Transmitir dados e energia elétrica juntos pode reduzir o excesso de cabos aparentes evitando comprometer o projeto arquitetônico de ambientes como lojas e galerias de arte;
  • Mais segurança: Como o PoE trabalha com tensões menores que o sistema elétrico tradicional a distribuição de energia acontece de forma mais segura.
  • Alta compatibilidade: Redes com suporte a dispositivos PoE são totalmente compatíveis com dispositivos não PoE;
  • Fácil conectividade: O conector RJ45, amplamente utilizado em qualquer projeto de infraestrutura torna plug and play a instalação de novos dispositivos;

Cuidados que você deve ter

Não ter que passar cabos de alimentação e não ter que usar fontes de energia à parte facilitam muito a instalação de determinados dispositivos, principalmente access points e câmeras de vigilância que normalmente são instalados em locais de difícil acesso como no teto ou na parede, e até em áreas externas.

Mas é muito importante seguir as normas de cabeamento estruturado para eliminar problemas como elevação de temperatura e transmissão dos dados.

Ficar de olho em fatores como tamanho dos lances, se estão sendo utilizados conectores que suportam desconexão sob carga também são imprescindíveis para não comprometer a confiabilidade da solução ao longo do tempo.

Considerando as vantagens e a diminuição no custo da infraestrutura compensam o custo de um switch PoE que é mais caro que um switch convencional, bem como compensam o custo de um nobreak, usado para continuar alimentando um dispositivo desses em caso de falta de energia na rede elétrica, uma vez que um switch PoE consome mais energia que um switch normal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.